jusbrasil.com.br
14 de Abril de 2021
    Adicione tópicos

    Difícil o acordo entre Ana Paula Padrão e o SBT

    Espaço Vital
    Publicado por Espaço Vital
    há 12 anos

    O contrato da jornalista Ana Paula Padrão com o SBT vai até o fim do mês de abril e, pelo que tudo indica, não será renovado. Segundo o saite Comunique-se, não houve acordo até agora entre a direção da emissora e a jornalista, que, "na opinião de quem trabalha na casa, acredita que está sendo um desperdício não tê-la no jornalismo diário".

    Ela deixou a apresentação dos telejornais para fazer o SBT Realidade, por meio de sua produtora, a Touareg Conteúdo.

    Em 2005, Ana Paula deixou a Globo rumo ao SBT, cujo contrato teve prazo de quatro anos. A mudança para a emissora de Silvio Santos ganhou espaço nos jornais. Ela atuara na TV Globo por 18 anos, cinco deles à frente do Jornal da Globo. A insatisfação com o horário do telejornal fez com que optasse pela proposta de Silvio Santos.

    Na época, a Globo entrou na Justiça para que Ana Paula cumprisse seu contrato até 31 de outubro de 2006, rompido unilateralmente. Mas juíza Fernanda Xavier de Brito, da 44ª Vara Cível do Rio de Janeiro, não aceitou pedido da TV Globo que, em, antecipação de tutela, pretendia que a apresentadora voltasse à emissora e cumprisse seu contrato.

    Ana Paula tentou pagar a multa de rescisão contratual (R$ 3.7 milhões), valor disponibilizado pelo SBT referente a tudo que ela recebeu da Globo desde 2002. Como a empresa não aceitou receber o cheque, ela fez uma ação consignado em agência bancária. Não há decisão até agora.

    No canal de Silvio Santos, a jornalista começou apresentando o SBT Brasil, que logo mudou de horário antes era o carro-chefe do jornalismo e passou então a ser veiculado às 18h30min. Já no final de 2006, ela apresentou um projeto de um telejornal formado por grandes reportagens, onde ela deixaria a bancada e voltaria para a rua como repórter. O projeto se transformou no programa SBT Realidade.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)