jusbrasil.com.br
19 de Outubro de 2017

Negado pedido de Aécio Neves: ele queria ser julgado por Gilmar Mendes

Espaço Vital
Publicado por Espaço Vital
há 2 meses

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, determinou a redistribuição do inquérito que investiga o pagamento de vantagens indevidas ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) para “ajudar” a Odebrecht em seus interesses nas usinas hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau, no Rio Madeira.

Cármen Lúcia negou o pedido da defesa de Aécio para que um dos inquéritos contra ele na corte fosse enviado ao gabinete do ministro Gilmar Mendes. Segundo a tese defensiva, “há relação entre delações da Odebrecht e inquérito sobre desvios de Furnas”.

O advogado do senador, Alberto Toron, argumentou que o caso envolve o setor elétrico, mesmo tema de outro inquérito relatado por Gilmar Mendes, no qual Aécio é investigado por desvios na diretoria de Furnas, uma das subsidiárias da Eletrobrás.

Cármen Lúcia, porém, não viu conexão entre os casos e determinou que o inquérito — hoje nas mãos do ministro Edson Fachin, responsável por julgar questões da operação Lava Jato, seja encaminhado para o mesmo relator a ser sorteado para tratar de outras cinco investigações sobre desvios nas obras do Projeto Madeira.

Só por sorteio é que os autos a que a defesa de Aécio se referem poderão, eventualmente, ser distribuídos a Mendes. Ele é integrante da 2ª Turma, juntamente com os ministros Edson Fachin (presidente), Celso de Mello, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli. (Inquéritos nºs 4436 e 4433).

3 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Está virando piada internacional a relação de Temer e Aécio com Gilmar Mendes.
E eu não estou entendendo o que ainda estamos esperando para tomar uma atitude que seja mais digna do que ficar rezando uma constituição que não nos representa. continuar lendo

Aécio julgado por Gilmar Mendes. Que maravilha! Seria um julgamento de pai pra filho. Gilmar Mendes demonstrou no julgamento da chapa Dilma/Temer que para ele provas não valem nada. Será que valeriam contra Aécio?

Além disso, consta do site G1 (globo.com) a transcrição pela Polícia Federal de uma conversa telefônica entre Aécio e Gilmar Mendes, na qual Aécio pede ajuda ao ministro com o objetivo de convencer o senador Flexa Ribeiro (PSDB/PA) a acompanhar seu voto na tramitação do projeto de lei que endurece as punições para autoridades que cometem abuso.

Sem dúvida, Gilmar Mendes deveria deixar o Supremo Tribunal Federal e ir para a política, pois o que mais feito nos últimos tempos é se articular. Como articulação é uma atividade mais adequada para políticos do que para juízes, melhor seria que o ministro buscasse se candidatar a algum cargo eletivo, pois parece ter encontrado na política a sua natural vocação. continuar lendo

Tentou o mesmo que Lula ao pedir para ele e toda sua família serem julgados pelo STF, mesmo sem foro privilegiado. Felizmente nenhum deles conseguiu. continuar lendo